Canção de ninar

canção de ninar

Quem nunca ouviu uma canção de ninar? Elas são muito antigas e usadas em toda a parte do
mundo, por todas as pessoas. Elas são usadas para embalar as crianças e fazê-las pegar no
sono mais rápido.

É um ótimo remédio para as mães acalmarem os pequenos que relutam em querer dormir.
Geralmente o tema das famosas cantigas de ninar são os anjos, pais ausentes e criaturas
assustadoras como o bicho-papão, a cuca, ou qualquer outro folclore da região.

Mas se você prestar atenção nas letras das cantigas você ficará em dúvida se elas foram
realmente feitas para relaxar as crianças ou para assusta-las, já que os personagens das
cantigas, como o bicho-papão, a cuca e o boi da cara preta não parecem muito amigáveis, mas
sim assustadores. Na verdade você não precisa se preocupar com o conteúdo da música e sim
com a sonoridade e o cantarolar.

Os especialistas dizem que as crianças ainda são muito pequenas para entender o real
significado das palavras rimadas que compõem a canção de ninar. Ou seja, não importa qual é
o conteúdo da cantiga, ou se a letra é assustadora e remete a fuga dos pais ou outros bichos
que atacam as crianças. O embalo e o ritmo da canção é que faz com que a criança durma
tranquilamente.

Na verdade, esse é o real motivo das cantigas de ninar. Elas não foram feitas para ensinar ou
para dar medo, já que o seu filho não vai se lembrar de nada, ou entender o que você quer
dizer. Na verdade as cantigas foram feitas apenas para embalar a criança até que ela durma
profundamente e se aquiete quando você começar a cantar.

Selecionamos algumas  canções para você ninar seu bebê:

“Acordei de madrugada,
Fui varrer a Conceição,
Encontrei Nossa Sra
Com seu raminho na mão.
Eu lhe pedi um raminho,
Ela me disse que não,

Eu lhe tornei a pedir,
Ela me deu seu cordão.
Numa ponta Sto Antônio,
Noutra ponta São João,
No meio Nossa Sra
Com seu lencinho na mão.
Cala a boca, iaiazinha,
Que seu pai já vem já,
Já foi buscar timão de seda,
forrado de tafetá.”

“Boi, boi, boi
boi da cara preta
pega este menino
que tem medo de careta
Não, não, não
não coitadinho
ele está chorando
mas é tão bonitinho. “

“Tutu sossegue,
vá dormir seu sono
está com medo diga
qué dinheiro tome.”

“João Curutú
detrás do murundu
levai este menino
pra comer angu.”

“Nana, neném

que a cuca vem pegar
papai tá na roça
mamãe foi passear.”

“Dorme filhinho,
dorme meu amor,
que a faca que corta
dá talho sem dor.”

“Não chore, meu menino,
não chore, meu amor
que a faca que corta
dá golpes sem dor”

“O menino tem soninho,
e o seu sono não quer vir
venham os anjinhos do céu
ajudá-lo a dormir. “

“Sra Santana
Senhor São Joaquim
acalentai esse menino
que o sono não quer vim”

“Estava Maria
na beira do rio
lavando os paninhos
do seu bento filho.
A Sra lavava
São José estendia,
o Menino chorava

do frio que fazia.”

“Embala, José, embala
que a Sra logo vem
foi lavar um cueirinho
no riacho de Belém.”

“Maria e José
vão para Belém
levando o Menino
que eles querem bem.”

“Dorme, dorme, meu filhinho
é noite, papai já veio
Teu maninho também dorme
embalado no meu seio.
Dorme, dorme, meu filhinho
que as aves já estão dormindo
E as estrelas cintilantes
Lá no céu estão luzindo
Anunciando que horas
o galo cucaricou
E lá na torre da igreja
a mesma hora soou. “

"Desce gatinho
de cima do telhado
que é pra ver se esse menino
dorme um sono sossegado
ô ô ô/ô ô ô “

“Gatim marambaia
não vem assustar
que o pai do menino
já vem te matar. ô…”

Canção de ninar
Avaliar este post

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *