Bebes que nascem com muitos cabelos ou poucos fios …

Olha os cabelos dele…

bebe cabeludo

Nascer com mais ou menos cabelo é uma questão determinada pela herança genética de cada bebê. A cabeça dos pequenos costuma suar bastante e lavá-la com produtos adequados, além de proteger os cachinhos, é uma medida de higiene mais do que necessária. Veja tudo o que você precisa saber para cuidar direitinho de cabelos tão delicados e manter seu fofo com aquele cheirinho de quem acabou de sair da banheira.
Para começar, é preciso deixar de lado velhas crenças, como a de que lavar os cabelos do bebê todo dia pode estragá-los.

olha carequinha dele… poucos fios cabelos exigem atenção também

bebe careca

Mesmo os que têm pouco ou quase nenhum fio merecem atenção especial na hora do banho.

Você só precisa escolher o xampu adequado para a idade de seu filho e que tenha ph neutro. Os produtos infantis são formulados especialmente para não agredir os fios, não irritam os olhos do pequeno e são hipoalergênicos (não causam alergia).

Também procure eleger produtos com perfume suave. Os odores muito fortes podem irritar e causar alergia em crianças muito pequenas.

Após os seis meses de idade, seu filho pode usar condicionador de cabelo, caso ele tenha fios crespos, abundantes e que embaraçam com facilidade.

Os condicionadores formulados para uso infantil ajudam a desembaraçar, hidratam e protegem os fios.

Depois do banho

Seque muito bem os cabelinhos da criança com uma toalha macia. O excesso de umidade pode provocar micose no couro cabeludo, especialmente se você deitar o bebê sem que seus cabelos tenham secado direito.

No momento de pentear os fios, opte por escovas com cerdas macias ou pentes com dentes espaçados e pontas arredondadas. Esses objetos devem ser de uso exclusivo dele, para mantê-lo a salvo do risco de contrair micoses ou piolhos de outras pessoas.

Probleminhas que acontecem

Muitas mães ficam preocupadas quando notam uma queda de cabelo acentuada em seu bebezinho. É uma coisa bastante comum: as crianças enfrentam um ou mais períodos de queda de cabelo nos primeiros meses. Algumas chegam a ficar carequinhas. Mas logo nascem novos fios.

Trata-se de um processo normal, decorrente de ajustes hormonais do organismo da criança e do ciclo natural de vida dos fios. Normalmente eles nascem, crescem, amadurecem e caem. Acontece a mesma coisa com a cabeleira de gente grande, só que muito mais lentamente do que com os bebês.

Outro probleminha comum é a chamada crosta láctea ou aquelas casquinhas que se espalham pelo couro cabeludo do bebê. Também conhecida como dermatite seborréica, ela é causada pelo hormônio androgênio, que a mãe passa para o filho durante a gestação.

O esperado é que essas casquinhas se desprendam sozinhas e desapareçam após o terceiro mês de vida da criança.

Não é indicado apressar esse processo tentando arrancá-las, pois corre-se o risco de machucar o couro cabeludo do bebê. O que a mãe pode fazer é facilitar a descamação natural, passando óleo sobre as casquinhas um pouco antes da hora do banho a fim de amolecê-las.

Caprichando assim nos cuidados, os cachinhos de seu anjo ficarão ainda mais lindos!

Fonte: Johnson & Johnson

Bebes que nascem com muitos cabelos ou poucos fios …
Avaliar este post

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *